Home » Polícia » Suspeito, de matar Bruna jovem de São Francisco de Assis, disse: “Não houve estupro porque uma estava menstruada”

Suspeito, de matar Bruna jovem de São Francisco de Assis, disse: “Não houve estupro porque uma estava menstruada”

8/09/2016 às 20:15

Acusado de participação na morte das duas jovens confessa: “Não houve estupro porque uma estava menstruada”

Após a prisão na manhã de hoje (8) de dois acusados de assassinar as adolescentes Bruna de Souza Torres e Taiane de Souza Rocha, de 19 anos, no Distrito Industrial de Petrolina na última segunda-feira (5), vazou na internet um vídeo no qual um dos elementos, de 38 anos, revela detalhes do caso. Segundo ele, seu comparsa, de 40 anos, teria lhe chegado para, juntos, roubarem os celulares das vítimas, Bruna de Souza Torres e Taiane de Souza Rocha.

Foto: Macaubense Life
Sem títuloedgjkygtfrd
Bruna e Taiane

Ele [comparsa] me chamou para ir tomar o celular das meninas. As meninas foram por uma rua, nós fomos por outra. Ele deu uma gravata numa e disse: ‘Se uma correr, eu mato a outra’. Aí desceu pro mato… chegado lá, ele mandou ela tirar a roupa para ela não correr. Ele tentou estuprá-la, mas ela estava menstruada”, disse, no vídeo.

Segundo informações, Bruna e Taiane costumavam passar pelo local diariamente para o trabalho. Na manhã da última segunda, no entanto, elas não chegaram à empresa. Preocupados, os familiares decidiram procurar a polícia. Os corpos das duas jovens foram encontrados no final da manhã, num matagal. Elas foram mortas a facadas. Mais detalhes sobre a prisão dos dois suspeitos do crime serão repassados durante uma entrevista coletiva prevista para esta sexta-feira (9), em hora e local a ser definidos até a tarde de hoje.

 violencia_estupro_briga_82905_45708_36484

Carlos Britto/Blog do Carlos Britto

Comments

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *