Home » Paulistana » São Paulo: Morador de Queimada Nova que apareceu no Cidade Alerta e tem 03 mandados de prisão é preso pela Força Tática de Paulistana

São Paulo: Morador de Queimada Nova que apareceu no Cidade Alerta e tem 03 mandados de prisão é preso pela Força Tática de Paulistana

26/10/2017 13:18

Foi preso na tarde de ontem, por volta das 13h00min, por uma Equipe da Força Tática de Paulistana, composta pelo Ten PM Vilela, CB Gilvan, e pelos Soldados PMs Fernando,  Marivaldo, Humberto e Oliveira, um homem, de 46 anos, natural de Cabo de Santo Agostinho/PE, casado com uma senhora do município de Queimada Nova/PI, foragido da Justiça do Estado de São Paulo.

Suspeito encontrava-se “procurado” em razão de dois fatos, primeiramente, por ser suspeito de ter cometido duas tentativas de homicídio (deixando uma das vítimas tetraplégicas), e, numa segunda oportunidade, em razão de ser suspeito de um homicídio qualificado – esse último com repercussão nacional, inclusive sendo destaque no programa Cidade Alerta, apresentado pelo saudoso Marcelo Rezende na TV Record.

Publicidade: DIVULGUE A SUA EMPRESA E SEU EVENTO NOS CONTRATANDO! – BLOG DO EVANGELISTA – Fone: 89 99407-8908 – Somos “O Jornalismo de Maior Responsabilidade do Interior do Piauí”

Assim, o Serviço Reservado do 20º BPM/PMPI realizou monitoramento da esposa dele, durante vários meses, na cidade de Queimada Nova/PI, percebendo que o acusado esteve ausente da cidade.

Ao levantarem informes do retorno do foragido à cidade de Queimada Nova-PI, os policiais do Serviço Reservado da FT de Paulistana descobriram o suposto esconderijo do mesmo, numa casa na Av. Senhorinha Raqueline/Centro.

Após dois dias de campana, foi constatado que na residência apontada pelos informes estava a esposa do suspeito acompanhada da sua mãe, do seu filho menor de idade e de uma quarta pessoa não identificada. Descaracterizados, os policiais militares cercaram o imóvel, e, ao se aproximarem da porta, perceberam a presença do suspeito reconhecido por meios de fotos que a equipe possuía da época do acontecido.

Em seguida, foi feita abordagem padrão e apresentado ao procurado os 03 (três) mandados de prisão expedidos em seu desfavor por magistrados da Justiça Paulista. O mesmo foi conduzido para a 12ª Delegacia Regional de Polícia Civil de Paulistana para os procedimentos cabíveis.

O suspeito de ter praticados os crimes citados anteriormente é inocente, segundo a Constituição Federal de 1988. Segundo a Carta Maior ninguém poderá ser considerado culpado antes de ser condenado pelo Poder Judiciário e tenha direito a recurso em processo judicial.

José Evangelista – Jornalista – MTB nº 1927/PI – jose@blogdoevangelista.com.br – Fone: 89 99407-8908 Whatsapp

Comments

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *