Home » Municípios » Açude Ingazeiras de Paulistana está com apenas 28% de sua capacidade e precisa de chuvas

Açude Ingazeiras de Paulistana está com apenas 28% de sua capacidade e precisa de chuvas

11/01/2018 14:31

A população e autoridades devem se preocuparem pois o Açude Ingazeiras que abastece a cidade de Paulistana está precisando de chuvas pois chegou esta semana a está com 7.391.000m³, ou seja, 28.73% de sua capacidade total que é de mais de 25 milhões de metros cúbicos.

Para que as pessoas tenham um alivio atualmente é necessários que um fenômeno natural aconteça, as chuvas. Isso para que o seu nível aumente.

Publicidade: DIVULGUE A SUA EMPRESA E SEU EVENTO NOS CONTRATANDO! – BLOG DO EVANGELISTA – Fone: 89 99407-8908 – Somos “O Jornalismo de Maior Responsabilidade do Interior do Piauí”

 Quanto a preocupação de autoridades e pessoas sobre fatos futuros é a questão do Açude morrer, para evitar isso é preciso diversas medidas por parte dos populares e principalmente das autoridades. Pois o Açude Ingazeiras tem o seu assoreamento, o que deve na realidade está com menos dos 28% citados acima.

A cidade continua crescendo e se desenvolvendo e o assoreamento deve estar acontecendo, este fenômeno ambiental deve ser minimizado. Mas atitudes devem ser tomadas agora para que seja evitado problemas futuros.

Quem deve se preocupar e ver a situação sobre o caso e divulgar os atos administrativos realizados para tranquilizar os moradores é o coordenador do DNOCS no Piauí, Djalma Policarpo.

A população deve procurar uma forma de exigir melhorias no DNOCS aqui na cidade de Paulistana. O Departamento Nacional de Obras Contra a Seca é o administrador do Ingazeira.

Então vamos exigir melhorias ao gestor Djalma Policarpo.

José Evangelista – Jornalista – MTB nº 1927/PI – jose@blogdoevangelista.com.br – Fone: 89 99407-8908 Whatsapp

Comments

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *